um pouco do que me interessa

domingo, 21 de dezembro de 2008

APENAS UMA VEZ (fim)


Garota de vermelho pulsando
Sai roxo do teu peito.

O filme que viu ao teu lado não sai do pensamento.
If you want me?Realmente não queria.
"Então plante o pensamento e veja ele crescer
Sopre-o e deixe ele ir "
Mas como o próprio filme diz "APENA UMA VEZ" e foi mesmo!

Hey garota não escreva papéis que expressem seus sentimentos.Escreva tudo que sente em seu coração.Guarde para si.Não seja uma boba adolescente.
Que terão feitos com papéis?Lixo, óbvio cara garota.
E tuas palavras foram jogadas como espumas ao vento.

Disse um anjo para garota:"tu consegue fazer os outros tão felizes perto de ti.. e não consegue fazer feliz teus proprios sentimentos!!!"

Será?Será?
Hoje na internet brincaram com seus sentimentos, como se fosse costume ela sofrer sempre.
Será que ela não está errando constantemente nas pessoas?

O monstro esta semana desencandeou um vulcão de sentimentos,questionamentos do passado que estavam guardados numa caixa guardada no alto do armário.
Fato é que a garota odeio garotos,monstros ,que carregam pedras de medo e ligações arrebatadoras.Sabe acho que as pessoas podiam viver coisas tão boas,mas não se permitem.Talvez o bom não é estar ao meu lado.

"Garota de vermelho você é uma garota excelente,maravilhosa...blá ,blá...
AH AH Ah adoro ler começo de foras com este discurso.

Hey garota nós seres humanos somos descartáveis.
Nós podemos gostar de ti num momento e no outro tchau.
Sempre desconfie ao deitar sobre ossos e ouvir coisas.E não caia no papo "eu bebi muitas cevas e não sabia que dizia",pois o coração sempre sabe o que fala.

Hey garota você não têm ódio no peito...o que vc tem?
Eu tenho um coração tingido pelo roxo novamente,uma falta de entendimento e uma pequena mágoa que se recila com o tempo.
Na real ela não sabia que a história ia acabar tão rápido,que as fugas seriam assim tão imediatas.
Que fazer?
NADA!


Pasma com as últimas notícias,em choque com a dureza do ser humano,aceitando o destino,correndo como um cavalo louco pelo mar.


Quero Godard.Quero dormir.Quero esquecer.
Não quero amar mais!
-Não amarás,não amarás (repita como mantra garota de vermelho)
Monstros sabem o que querem e te "descartam"(ei isso não é um drama,mas é uma forma de expressar minha decepção com a sinceridade e a fuga deste)

Pediram a garota que fosse leve...Tentará,após baques fortes.
Segurou seu choro e continua assim firme.
O teatro vai salvando ...os amigos vão a impulsionando,a vontade de ver uma lista de filmes,dançar e comer bem.

Esta nervosa,isso é fato.
Está atuando ,isso é fato.

Está com saudade, isso é fato,mas tudo é passageiro.

O FATO É:
Tenho a impressão de que passo a vida pedindo desculpas, e criando situações insustentáveis, e chorando escondida enquanto subo por ruas escuras, e ficando sempre no meio de duas pessoas que se amam ou odeiam muito e para as quais eu não sou mais que mediadora, e quase morrendo de amor, e com medo de que me vejam de tal ou qual maneira, e escrevendo textinhos bregas e cheios de "e". E... perdendo meu fôlego curto e insistente.


Um dia eu vou rir disso tudo.
Ode as paixões platônicas.



2 comentários:

Juggler boy™ disse...

Nossa quanta coisa, quanta confusão...gostei de ler..assim sei como te sentes...beijão Menina de vermelho!

Alice Castiel disse...

Grande Godard.
Parceiro de solidões.
Lindo flor! Lindo!
Bah a respeito do meu. as vezes agente tem que dizer chega né. Não sei até quando.
=D
e o nosso café?