um pouco do que me interessa

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

sabe quando não vem palavras?

ninguém disse q seria fácil


ninguém disse que você não veria a cidade dos sonhos com o amor

ninguém disse que você ia esperar ele crescer

True love will find you in the end
You'll find out just who was your friend
Don't be sad, I know you will,
But don't give up until
True love finds you in the end.
This is a promise with a catch
Only if you're looking will it find you
'Cause true love is searching too
But how can it recognize you
Unless you step out into the light?
But don't give up until
True love finds you in the end.


sexta-feira, 5 de agosto de 2011

italiano preferido



enfrentando agosto com amor



é amor

as dores foram do fígado para o estômago

o tempo tem afastado a gente de tarde e aproximado de noite

a gente brinca de esconde esconde no olhar

agora você tem um travesseiro

eu passo o dia tricotando esperanças de algo novo

eu tenho dito mais colo de mãe

as amigas estão ficando grávidas
a gente sorri]

a gente bebe e outro lado aparece

você tem insônia e eu não posso mais acompanhar o seu sono
eu não posso ver poeira na casa

eu te peço para não haverem disputas
nem arrogâncias

pois você é precioso

juntos no começo e términos meu italiano preferido


para o amor

sexta-feira, 22 de julho de 2011

espero



Não se preocupe
Tudo vai dar certo
Nós vamos manter a nossa volta
Espere por uma outra visão
Eu provei
Sua fé agridoce
Meu coração espera por você

tem dias eu me sinto uma fracasso
por estar tão parada

esperando uma surpresa




quarta-feira, 20 de julho de 2011

caminhão de saudades




você faz eu ficar sentada

o mundo gira com os doces

você me traz um salgado para acalmar
eu conto até 10 e volto a te abraçar

a casa do nosso amigo fica bonita com a gente


eu percebi estes dias que você quase não tem bochechas

3 meses e você é meu companheiro

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Organiza-me



estamos organizando coisas


eu estou tentando não estar vermelha de raiva e sim azul com um pouco de mágoa

sim há tristezas


mas vamos trilhar

não posso ter errado nas escolhas
quando pude ver teu sorriso junto ao meu
e nossas pernas inquietas ao ouvir a novidade de projetos

um dia riremos junto aqui em casa amor

enquanto isso
no meio da minha embriaguez de sentimentos quanto as pessoas
enquanto aquela grana não vem
e eu brigo com o mundo
eu te dedico lou reed e seco tua lágrima desnecessária
sou eu que faço besteira
diante do meu medo de perder
o que organiza todos sentimentos e a casa

bem vinda tv

ficaremos mais na cama


Ah, você tem um jeito tão compreensivo
Eu acredito em tudo o que você diz
Rostos sorridentes não serão esquecidos pois
Eu amo você

Quando penso em tudo o que fizemos
e nem mesmo havíamos começado
Rostos sorridentes não serão esquecidos pois
Eu amo você

Só por um instante
oh, só para vê-la sorrir


domingo, 10 de julho de 2011

Baby

te espero do banho
é tão bom baby

sexta-feira, 8 de julho de 2011

desata os nós




ah se eu fumasse
essa minha decepção iria na fumaça
é acontece

e o amor pelas coisas e por ele segue

e sorrimos para tapar as merdas que os outros jogam em nós

Este momento mágico
Tão diferente e tão novo
era como qualquer outro
até te conhecer
E então aconteceu
Você me pegou de surpresa
Eu sabia que você sentiu isso também
eu podia ver pelo olhar em seus olhos
Mais doce do que o vinho
mais macio do que uma noite de verão
Tudo eu quero, eu tenho
Sempre que eu te abraço apertado
Este momento mágico
Enquanto seus lábios estão perto do meu
vai durar para sempre
Para sempre, até o fim do tempo
Então, por que você não vai dançar comigo
Hey baby
Por que você não dança comigo
Este momento mágico
Tão diferente e tão novo
era como qualquer outro
até te conhecer
E então aconteceu
Você me pegou de surpresa
Eu sabia que você sentiu isso também
eu podia ver pelo olhar em seus olhos
Mais doce do que o vinho
mais macio do que uma noite de verão
Tudo eu quero, eu tenho
Sempre que eu te abraço apertado
Este momento mágico
mais doce do que o vinho
mais macio do que uma noite de verão
Então, por favor, baby
Então, por favor
deixe a última dança para mim


segunda-feira, 4 de julho de 2011

o espaço




amor
as coisas acabaram
agora ajude
a não enlouquecer no mundo
me cuida



Tudo o que eu quero na vida
Um pouco de amor para botar a dor pra fora
fico forte hoje
E dou um passo gigante a cada dia
Tudo o que eu quero na vida
Um pouco de amor para botar a dor pra fora
Fico forte hoje
E dou um passo gigante a cada dia

Homens sábios dizem
Apenas bobeiras apressadas
Apenas bobeiras apressadas
Mas eu nçao acredito
Eu não acredito
Que eu ainda poderia me apaixonar por você

Eu vou te amar até morrer
E eu vou te amar a todo tempo
Então, por favor, coloque sua doce mão na minha
E flutue no espaço
E se mova no tempo
Todo meu tempo até eu morrer
Bem, flutuemos no espaço só você e eu

E acho que te amarei hoje
Eu acho que é isso o que você conseguiu
E eu não sei pra onde estamos indo
A vida não pode ficar mais estranha
do que isso

Mas é o que é
E eu não sei pra onde estamos indo.


sábado, 2 de julho de 2011

You and I



tem dias que eu respiro
achando que está tudo errado
e ai a gente se bate tão bem


sim nós dormiremos com ele
mas só dentro de 5 anos por favor

agora vamos curtir a cama


Não se preocupe com isso, meu querido
Podemos não ter dinheiro,
Mas nós temos o nosso amor para pagar as contas.

Talvez eu te ache fofo e engraçado
Talvez eu queira fazer com você o que os coelhos fazem
Se você sabe o que quero dizer

Oh, vamos ficar ricos e comprar a casa dos nossos pais
no sul da França
Vamos ficar ricos
e dar a todos suéters legais e ensiná-los a dançar
Vamos ficar ricos e construir uma casa
em uma montanha, fazendo com que todos
pareçam formigas
E lá de cima
Você e eu, você e eu

Bem, você parecerá um pouco confusa
E você parecerá um pouco machucado,
Mas, baby, nós dormimos de conchinha como ninguém
Então eu vou ajudá-la com esses livros
E você aliviará minha aparência preocupada
E vamos calocá-los, solitários, na prateleira

Oh, vamos ficar ricos e comprar a casa dos nossos pais
no sul da França
Vamos ficar ricos
e dar a todos suéters legais e ensiná-los a dançar
Vamos ficar ricos e construir uma casa
em uma montanha, fazendo com que todos
pareçam formigas
E lá de cima
Você e eu, você e eu

Oh, vamos ficar ricos e comprar a casa dos nossos pais
no sul da França
Vamos ficar ricos
e dar a todos suéters legais
e ensiná-los a dançar
Vamos ficar ricos e construir uma casa
em uma montanha, fazendo com que todos
pareçam formigas
E lá de cima
Você e eu, você e eu

terça-feira, 28 de junho de 2011

declaro

eu desejo a viagem

home



então eu me tranco na casca

espero os acontecimentos
me preparo para desapontamentos e sorrisos
e te aguardo

28 anos



o corpo muda
o coração tá com um amor
a casa tá mudando
as pessoas estão errando feio
os planos tão longe
a viagem pedida e sonhada
a saudade caminhão

no meio de tanta enrolação
de me sentir menos
sim
a gente não é nem um pouco brilho eterno
você será eternamente difícil de esquecer
aquele que me dá bolo de aniversário
canta
é suspiro em pessoa
meu clown


de ter promessas
de ter completado os 28 anos
de tanta coisa


você respira comigo
pega na minha mão
e ajuda

"E quando ele respira perto de mim, meu corpo se transforma, meus ossos ficam leves e ocos como os dos pássaros, como o de uma andorinha, e flutuo. Não voo. Não voo porque mesmo tendo a possibilidade de todo o céu, e toda a liberdade, é a liberdade que eu sinto dentro do peito, e que ele causa, que eu quero para mim. E quando ele segura minha mão, eu me sinto firme. Forte, grande e imponente como uma grande montanha. Mas não me mostro como montanha ao horizonte, não faço parte de um vale e ninguém me vê grande assim. Isso porque eu escolho ficar pequena, ainda forte, sim, mas pequena para caber exatamente no pescoço dele, ali atrás de onde os cabelos caem." (autor desconhecido)



quinta-feira, 16 de junho de 2011

The Way I Am



eu sempre fui pela intuição,pelo coração e nem sempre acertei.Sempre tentei escutar conselhos dos que se preocupam e torcem,mas nem sempre você vai estar rodeada de pessoas que realmente torcem...então como diria Diones Camargo:Anotação mental número 4: as pessoas que mais dão conselhos, são as que menos sabem sobre a vida.

eu a cada dia
bato mais por ele

e este batimento é tão bom


pensamento dos últimos dias:o que é meu tá guardado
o que não é meu é para ser de outro
serei afastada de mentiras
serei mais forte no que me coloco
acordarei mais feliz se te tenho ao lado


Cuz I love you more than I could ever promise.
And you take me the way I am.
You take me the way I am.
You take me the way I am.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

fortuna de um lado



Soy tan afortunada de tener
una segunda piel para recorrer
Contigo nacen las caricias y palabras
nuestra verdad, nuestro lugar
conozco tu boca como a mis manos
conozco tu mano y la siento mía.

Y entre palabras y caricias
y miradas infinitas yo voy a estar
con lo que puedo darte, amor
es amor.

Y entre palabras y caricias
y miradas infinitas yo voy a estar
con lo que puedo darte, amor
es amor, es amor.

Es que contigo soy yo
es que contigo soy yo
sin explicación.

Y entre palabras y caricias
y miradas infinitas yo voy a estar
con lo que puedo darte, amor
es amor.

Y entre miradas infinitas
y momentos difíciles voy a estar
con lo que quiero darte, mi amor
es lo que puedo darte, amor
amor.


terça-feira, 7 de junho de 2011

NÓS

ELE SE MEXEU NA CAMA:ENTÃO ELA FALOU
VOCÊ TINHA ME DITO QUE QUANDO ME PERGUNTASSEM MEU NOME EU NÃO DISSESSE LÓRI,MAS "EU".POIS SÓ AGORA EU ME CHAMO "EU" E DIGO eu está apaixonada pelo teu eu.ENTÃO NÓS ULISSES,NÓS É ORIGINAL

grão


nada é forçado
vem tudo com tanta vontade do coração
e a espera não tem dor
tudo é certo
se encaixa
e tem olhos
olhos grandes
sobre a felicidade
que atuam no meu corpo
e me deixam fraca
saiam as cobras
e pessoas de coração solitário pequeno
deixem as borboletas voarem
deixem sorrir

a casa está maior
a parede está verde azulado
e o sofá no lugar que queríamos
cada um tentando achar seu rumo
tentando se acalmar
você é um presente
um lindo presente


Eu posso falar as coisas mais lindas,
mas elas nunca vão ser mais lindas
do que você.


Me deixe sim
Mas só se for
Pra ir ali
E pra voltar
Me deixe sim
Meu grão de amor
Mas nunca deixe
De me amar
Agora as noites são tão longas
No escuro eu penso em te encontrar
Me deixe só
Até a hora de voltar
Me esqueça sim
Pra não sofrer
Pra não chorar
Pra não sentir
Me esqueça sim
Que eu quero ver
Você tentar
Sem conseguir
A cama agora está tão fria
Ainda sinto seu calor
Me esqueça sim
Mas nunca esqueça o meu amor
É só você que vem
No meu cantar meu bem
É só pensar que vem
Láia laia
Me cobre mil telefonemas
Depois me cubra de paixão
Me pegue bem
Misture alma e coração

quinta-feira, 2 de junho de 2011

ele

eu não sei o que melhor
as panquecas
o carinho sobre minha brabeza
os farelos no chão para puxar tuas orelhas
a cadeira da infância encontrada
os tênis novos
as mentiras com prazer queridas
o te amo

é
fato
bom


você anda imitando japoneses

terça-feira, 31 de maio de 2011



achando a minha razão

enche balões
eu com a mãozinha na sua perna
seu cabelo bagunçado
sua alegria de manhã
sua calça usada
seus cheirinhos
tudo tão certo


as manhãs estão sendo tão doces

segunda-feira, 30 de maio de 2011

ele aparece



ah como a gente mostra que gosta tanto?
ele enche balões
acorda lindamente
tem a risada mais gostosa dos últimos tempos


é
eu só tenho olhos para ele



quarta-feira, 25 de maio de 2011

Meus meninos

essa vida é curta
curta demais
curta para ver que se necessita cuidado
que eu te reguei poquinho e te quero mais na vida
pra gente beber no bar e rir dos planos
ai cai do céu
alguém pra ajudar
e te ajudar
e a gente se ajuda
e tudo tá por um fio
eu vou trancar o choro
e pensar no sorriso
a gente se cuida


eu não paro de pensar no teu sorriso
e como queria te dar mais abraços
e como as pessoas que amo
tem feito falta



If I ain’t got nothing
I got you
If I ain’t got something
I don’t give a damn
‘Cause I got it with you
I don’t know much about algebra
But I know 1 + 1 equals 2
And it’s me and you
That’s all you have when the world is thorugh
‘Cause we ain’t got nothing without love
Darling, you got enough for the both of us
So come on, baby, make love to me
When my days look low, pull me in close and don’t let me go
Make love to me
So when te world is at war
Let our love heal us all
Right now, baby, make love to me
Oh, make love to me

domingo, 22 de maio de 2011

falaram da gente no frio

você tá cabendo certo no coração

Onde você for
E todo meu gosto
Disposto até o fim eu tô
Onde você for
Lá é onde eu quero estar
Pra a gente se perder amor
Nesse doce tanto faz
Tá tudo bem
Que esse amor só me faz bem
Eu não perco mais meu tempo
Nem me deixo com o vento
Que derruba
Tudo normal
Eu te quero, espero
E deixo meus segredos
E faço nosso, meu e o seu lugar





sexta-feira, 20 de maio de 2011

mini festa de niver te espera

meus sentimentos

é....

no meio da tosse


Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive
E vi sem me deixar
Sentir
Sem conseguir
Provar
Sem entregar
E repartir.
Pra você guardei
O amor que sempre
Quis mostrar
O amor
Que vive
Em mim
Vem visitar
Sorrir
Vem colorir
Solar
Vem esquentar
E permitir.
Quem acolher
O que ele
Tem e traz
Quem entender
O que ele diz
No giz do gesto
O jeito, pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite
Do silêncio
Exibe
Em cada olhar.
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra
Qualquer.
Além
De não saber
Como fazer
Prá ter
Um jeito
Meu
De me mostrar.
Achei
Vendo em você
E explicação, nenhuma
Isso requer.
Se o coração
Bater forte
E arder
No fogo
O gelo
Vai queimar.
Pra você
Guardei
O amor
Que aprendi
Vendo os meus pais
O amor
Que tive
E recebi
E hoje posso dar
Livre e feliz
Céu cheiro e ar
Na cor o que
Arco iris
Risca ao levitar.
Vou nascer
De novo
Lápis
Edificio
Tevere
Ponte
Desenhar
No seu quadril
Meus lábios
Beijam
Signos
Feito
Sinos
Trilho
A infância
Teço o berço
Do seu lar.
Guardei sem
ter porque
Nem por razão
Ou coisa
Outra qualquer
Além de não
Saber como fazer
Prá ter um jeito
Meu de me mostrar
Achei
Vendo em você
E explicação, nehuma
Isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

quinta-feira, 19 de maio de 2011

sim
diga que sou boba

e que SP não há amor

terça-feira, 17 de maio de 2011

1 mês

ih nem parece
parece mais tempo
rodopiamos
tivemos dúvidas
se jogamos
e eu gosto



das boas surpresas que acordam lindamente
e cuidam me

Um carinho envolve o meu coração
Sinto que é você, falando pra mim
Sussurrando

Quente entre os dentes, letras tão gentis
Até vou acordar, pra não esquecer
Palavras

Que eu sei de cor por ter você
Por querer e merecer
Enquanto o sono é pouco e o sonho é bom
Eu entendo essa canção

Hum, hum, hum...
Hum, hum, hum...

Olho semi aberto escuto da janela
A cidade acordar mas dentro do quarto
Escuto

Você que como um anjo ensina ao respirar
Desse jeito mansinho e halito doce
Entregue

A amar e ao me abraçar
Me apaixono ainda mais
Mas se não me levantar e escrever
De manhã não vou lembrar

E a amar e ao me abraçar
Me apaixono ainda mais
Mas se não me levantar e escrever
De manhã não vou lembrar, eu sei.




Como dois estranhos,
Cada um na sua estrada,
Nos deparamos, numa esquina, num lugar comum.
E aí? quais são seus planos?
Eu até que tenho vários.
Se me acompanhar, no caminho eu possso te contar.
E mesmo assim, queria te perguntar,
Se você tem ai contigo alguma coisa pra me dar,
Se tem espaço de sobra no seu coração.
Quer levar minha bagagem ou não?
E pelo visto, vou te inserir na minha paisagem
E você vai me ensinar as suas verdades
E se pensar, a gente já queria tudo isso desde o inicio.
De dia, vou me mostrar de longe.
De noite, você verá de perto.
O certo e o incerto, a gente vai saber.
E mesmo assim,
Queria te contar que eu talvez tenha aqui comigo,
Eu tenho alguma coisa pra te dar.
Tem espaço de sobra no meu coração.
Eu vou levar sua bagagem e o que mais estiver à mão.

terça-feira, 10 de maio de 2011

VocÊ

"Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa. Do brinquedo que a gente não largava. Do acalanto que o silêncio canta. De passeio no jardim. Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo. Corre em outras veias. Pulsa em outro lugar. Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos Deus está dançando conosco de rostinho colado. E a gente ri grande que nem menino arteiro(A.J)


segunda-feira, 9 de maio de 2011

faz bem

delicia
delicia
delicia
tu

para aquela que sempre amei

para a que me ensinou usar meias calças

To love somebody

tenho sorte


gosto de ti na janela fumando
das musiquinhas
da tranquilidade
preguiça
das roupinhas
do cheiro
do chuveiro arrumado
o cabelo para fora do edredon
o pé pra fora da cama
a risada
do hummmmmmmmmmmmmmmmmm
e das coisas que vem sem pressa

é

coisas se realizam


terça-feira, 3 de maio de 2011

Quando acontece

bolo
caminhar
mãos
risos
palco
entrega

tudo se encaixa aos poucos
tudo sem pressa

sorrio


segunda-feira, 2 de maio de 2011

Louco não?

louco a gente aqui né?

eu só penso que louco
que lindo


sábado, 30 de abril de 2011

Menino

você é uma sorte menino
não escute os maldosos da rua
e fique


quinta-feira, 28 de abril de 2011

Não é destino

eu adoro passar a mão na curva do pescoço

e brigar quem pegou a mão primeiro
quem deu o primeiro beijo

é num dia só
não dá pra descobrir
tudo que se pode gostar

e numa noite só
já dá pra sentir
saudade necessária

achei alguém que acha saudade uma palavra bonita


terça-feira, 26 de abril de 2011

Muffin

é para ser doce

muffins

e planos

passo a gostar disso no meio do turbilhão do peito

Even the tiniest bluebird
Has to leave its nest to fly
What a bluebird can do
You can do too, if you try


sábado, 23 de abril de 2011

Sábado

esperteza através de uma flor

todo mundo merece um cachorro
ir para Paris
cia no fim de semana
e um jardim em casa para se cuidar junto


Trago nesses pés o vento
Pra te carregar daqui
Mas você sorri desse jeito
E eu que já perdi a hora e o lugar



Aceito

sexta-feira, 22 de abril de 2011

E agora



eu sou cheia de medo
como se o carrinho da roda gigante abrisse

Acaba...é acaba

eu poderia dançar a dor hoje


eu fiquei fria
eu segurei no meio da garganta
eu espero ser bem feliz
eu espero entender o por que de tanto tempo só
eu pretendo ler o livro que me deixaram na mesa
eu te amo
isso acontece
eu sabia que ia acontecer
não compartlhamos da mesma fome
mas da mesma doçura
achei belo
e foi
não tem como se enganar
foi muita doçura e riso compartilhado
eu não consigo chorar
sinto uma distância
se fica com o belo
se segue
com certo
estufamento no peito
meio as cegas
meio mágoa
meio entendimento
meio tentando achar paz
meio doendo pelo te amo
o fora estúpido
a foto no jornal
ficarei com os chocolates
o presente no fundo do armário
tentando preencher[
ser sincera
com meu peito
com os pés
com as coisas que o vento traz
tentando entender
a escova de dente na minha pia
pedindo que não te encontre por muito tempo

Se faltar carinho, ninho
Se tiver insônia, sonha
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais
Se encontrar algum destino
Para solidão tamanha
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais
Se faltar carinho, ninho
Se tiver vontade, chama
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais
Se você ficar sozinho
Pega a solidão e dança
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais
Desaparecer no vento
E acordar num outro instante
Nó na imensidão do tempo
Dor do sentimento faz
Mas, se faltar a paz
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais

sábado, 16 de abril de 2011

sexta-feira, 15 de abril de 2011

eu sou um carro no posto de gasolina pegando fogo

para os que colocam fogo
e jogam água

http://letras.terra.com.br/melody-gardot/1220574/traducao.html

a raiva ...o bruxismo

para os que não aprendem

eu espero n ter bruxismo


bah
acordei com peito
esmagado


a estrela

o corpo
estranha
quando a cama não ama

eu acho lindo
quando você
para
malandro na porta
sorri
e quando fecho a porta
dizendo te cuida
quando você tem o vinho na mão
e o cheiro bom perto dos lábios


ai confusão
e eu sei que não sou a estrela





Matar um sabiá
É silenciar a musica
Que te seduz
Por quê?
Porque você tem esse desejo em seu coração para sobreviver
E você precisa desse ardente fogo em sua alma para saber
Que você ainda está vivo
Então me pegue quando eu cair
Ou será que eu mergulhei no seu prazer?

Em meu coração eu posso voar
E eu não consigo disfarçar meu amor
Não há tempo
E eu não saberia como
Constelações hoje à noite
Estão brilhando ardentemente, meu amor
Eu não tenho medo
Sou sábio agora

Lembre-se do que perdi como brasas em minhas mãos de dias passados
Como Pandora adorou a euforia enquanto seu coração disparava
Como o amor perdido você tem que tentar mesmo em vão
Parece que você vai ficar louco
Mas você é o instrumento mais difícil que já tive que tocar

Em meu coração eu posso voar
E eu não consigo disfarçar meu amor
Não há tempo
E eu não saberia como
Constelações hoje à noite
Estão brilhando ardentemente, meu amor
Eu não tenho medo
Sou sábio agora

Então por que não caimos nas ondas?
Você não vê como o meu coração anseia por comportar-se mal?

Em meu coração eu posso voar
E eu não consigo disfarçar meu amor
Não há tempo
E eu não saberia como
Constelações hoje à noite
Estão brilhando ardentemente, meu amor
Eu não tenho mais medo
Pois sou sábio agora

Então por que não caímos nas ondas?
Você não vê como o meu coração anseia por portar-se mal?

quinta-feira, 14 de abril de 2011

a verdade vem e vc vem

eu te amo
isso

já não sei mais como expressar

e a verdade doi
mas eu sou uma escolha


deitada no sofá
a chuva
escutando
todas músicas


balões estouram e enchem

quarta-feira, 13 de abril de 2011

beija

me beija
estrela

quando ele para de ser lindo?

é tão diferente beijar
alguém que você realmente pulsa

não é pra mim
e pra todos que beijam

eu quero imaginar que em alguma nuvem a gente pousou
e preencher de esperança
alguma coisa que sonho sobre vocÊ

num dia que o beijo é possível
que o sol gira na rua
o vento entra tímido em casa
tirei o vestido azul do armário
me preparo bonita
para beijar delicadamente a pele que beijas tão bem

te preparo o que há tempo não sai das minhas mãos
há borboletas na barriga
frio ruim e bom

peço dia
não estrague nada


te beijo
homem aranha
moleque
pirata
até quando possas querer beijar



Um sorriso ascende à noite, o beijo por alguns instantes fica a observa - lá,
O ponteiro do tempo pára, o sol cai, a lua se esconde,
Era só ela e ele enlaçados pelo riso, a nuvem testemunha o belo,
O acaso da coincidência, o irreal,
O Beijo alpinista vai beijando delicadamente cada curva da singela Estrela, primeiro os dedos depois as falanges, a mão, os braços, até chegar sem pressa no dorso luminoso, sobe pelo pescoço e com um suspiro acarinha as orelhas da esplendorosa,
Rapidamente o Beijo escorrega e beija o dedão do pé mimoso da linda tímida, Ensaia um salto para a face, mas volta e afaga os joelhos, sem medo beija as costas e cada vértebra é minuciosamente acarinhada,
A Estrela suspira quase não mais agüentando,
O Beijo ignora e continua o acalanto, a nuca formosa não resiste encolhe tremelica, estica,
Ora, nem os cabelos foram perdoados cada ponta foi presenteada com uma flor,
Lírios caem do céu para banhar o leito do casal radiante,
O Beijo encontra a meninas dos olhos brincando com salamandras,
Então ele invade a intimidade das pupilas e as beija.
A Estrela como um vulcão agarra o Beijo,
Destemido o mel do Beijo escorre, desfalece em fragrância,
É tanto beijo é tanta Estrela, estalos, cantagalos, cantarolas se ouviam de muito longe, dois corpos,
Seres que se entrelaçam num tango de comandos alternados,
O Beijo afunda a nuvem, a nuvem encontra o molde,
Testemunha concreta de leito,
O ventre caminha em direção do vento,
Furor desconhecido
Matrimonial, caem raios como velas, trovões balançam é tanto beijo.
Que começa a chover cometas, eles explodem e voam como balões livres irmanados num fogo eterno!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!haaaaaaaaaaaaaaa
É só prazer................
Assim o Beijo encontra a Estrela.
Somente Beijo e estrela.

para vocÊ

terça-feira, 12 de abril de 2011

20 30

por que você não confia ,GAROTA?

abra a porta da casa
acorde cedo
compre
uma roupa
de baixo de cima
uma mesa e sinta

20 30


segunda-feira, 11 de abril de 2011

domingo, 10 de abril de 2011

Me apaixono

faz do cantinho da dor
uma alegria
uma fogueira
traz a coberta e me cobre
faça eu flor
no meu jardim da cama
tire foto dos meus pés
faça poesia com o ventilador
fale engraçado
e me faça rir
troque
troque comigo música
gemidos
beijos e qualquer coisa boa
compartilhe o amanhecer
meu pirata
minha coisa que não é minha
e quando podes estar junto
imensamente
fico imensa
e dançamos
e danço por dentro
e a flor amarela não morra no meu vaso
estou explodindo ao te ver
ao fazer carinho
ao querer
e minha fome rude se transforma em algo leve
não suma
não corra
te faço uma comida
te cuido
venha
Quién se va
Quién se queda
A quién le duele más la soledad?
A quién le duele más la soledad
Si todos los rincones de mi vida tienen algo tuyo?

Cuál es tu camino?
Cuál es el mió?
Dónde se encontraron?
Dónde se han ido?

Anda, déja que te acompañe
Que no es momento de andar sola

Con lo pequeño que es el tiempo
Quién recogerá el perdido?
Si tu me cuidas, yo me curo
Mi cura es tu compañía

Déja que te cuide la ala, tu ala
Anda, déja que te acompañe
Que no es momento de andar sola

Mis cinco sentidos son pa' ti
Mi tiempo pa' ti
Mi mano para sujetarte a ti
Y mi alegría pa' que la bebas toda tú

Anda, déja que te acompañe
Que no es momento de andar sola

sábado, 9 de abril de 2011

Enrola

pra ti
fique deitado e giremos



aproveite a noite que tenho

Peço tu



Ele chorava
após eu dizer quase um não?
diante da carência que escorria pelo cabelo comprido
quase batendo a porta
por que não bateu?
estava embriagado?
te sente embriagado de amor?
como eu?
ai com a tal objetividade
como se meu coração
fosse caçapa de sinuca
me atira sua vontade
tenta meu beijo no ponteiro da madrugada
eu e a insônia
querendo se meter no meu romance com a noite
digo que não
e deixo os beijos e o barulho na cama para hoje
fiquei rondando até a manhã
com o coração nervoso
por matar a saudade
que me causa fome
o corpo com fome
o desejo
os beijos
o sorriso
tudo pede tu

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Não encantado

é
quem não se encanta é bobo
e perde tempo
e vive vivendo a vida
dizendo pra ela como é bonito chorar
e fazendo
eu na tela
chorar
e virar um aquário
então decidi atuar
e se amanhã fores
serei outra coisa
outra coisa desconhecida
e pedirei afeto a outro

isso já era esperado

eu sei que sou especial
que gosta
mas tá muito na palavra e na pouca ação


a felicidade é um balão

quinta-feira, 7 de abril de 2011

tudo isso

"belezas são coisas acesas por dentro. tristezas são belezas apagadas pelo sofrimento. lágrimas negras saem, caem, doem"

Enquanto nada acontece

eu sou só um cheiro na toalha

eu sou aquela que sente o sol queimando no ônibus
e tenta esquecer o alegre porto

ele volta
querendo amizade
ou algo da espécie
quando nem mais admiração tenho


o outro
fica no galanteio
nessa saudade de palavra
pouca ação
então eu deixei quieto
e fui tentando amar as cidades em mim

domingo, 3 de abril de 2011

Agora

um domingo

e eu senti saudade

Baby
Tanto a aprender
Meu colo alimenta a você e a mim
Deixa eu mimar você, adorar você
Agora, só agora
Por que um dia eu sei
Vou ter que deixá-lo ir!
Sabe, serei seu lar se quiser
Sem pressa, do jeito que tem que ser
Que mais posso fazer?
Só te olhar dormir
Agora, só agora
Correndo pelo campo
Antes de deixá-lo ir!
Muda a estação
Necessário e são
Você a florecer
Calmamente, lindamente...
Mesmo quando eu não mais estiver
Lembre que me ouviu dizer
O quanto me importei e o que eu senti
Agora, só agora
Talvez você perceba
Que eu nunca vou deixá-lo ir!

sábado, 2 de abril de 2011

Sonha

tá eu fiz as pazes
e pus o móbile em cima da cama
pra ver se a fita
solta teu cheiro
e de alguma maneira
tu volta
Cristina, por outro lado, esperava algo muito diferente do amor. Ela havia relutantemente aceitado o sofrimento como componente inevitável da paixão profunda, e resignara-se em colocar seus sentimentos em risco. Se você perguntasse o que ela queria ganhar apostando suas emoções, ela não conseguiria dizer. Ela sabia o que não queria, no entanto, e isso era exatamente o que Vicky valorizava acima de tudo.”



a coisa mais reconfortante do dia
foi a poesia que sai do peito da mãe do remédio do pai:
"O futuro pertence aqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.....filha se você não sonhar ,nunca encontrará o que existe além dos seus sonhos...seja muito feliz "


como eu posso sentir saudade
das rugas em volta do olho
da perna machucada
do sorriso branco
do sotaque engraçado

sabe quando você sabe que não é seu
mas gostaria?


eu tô embrigada da saudade e brigando com o relógio


beije meus hipopótamos e me faça rir

Tudo começou quando uma peça que escrevi, Kathie e o hipopótamo, estreou na Inglaterra e os atores me presentearam com miniaturas do bicho. Tenho muito carinho pelos hipopótamos, trata-se de um animal dócil, com o paladar delicado e uma incrível propensão ao amor. Suas principais ocupações são tomar banho, chafurdar na lama e fazer amor – eles podem passar mais de 12 horas copulando. São feios, dão impressão de brutalidade, mas são delicados. Conseguiram o que os hippies jamais conseguiram, levar a cabo a máxima “paz e amor”. Gostaria de fazer amor como os hipopótamos.

Quem se joga no desconhecido?

você é tão lindo pássaro amarelo


deu vontade de dizer
vire pássaro você
e venha até meu ninho

vamos voar
com o piano de infÂncia juntos
mas eu já vivi
o que tu viveu hoje


tempos depois descobri um pote de mágoa e a impossibilidade de uma pessoa de me amar
pessoas escolhem pessoas que gritam em janelas
não as que vivem em nuvens
pessoas roubam suas músicas,frases e sentimentos e jogam em outras
tudo isso é um jogo

eu cansei de jogo

vamos brincar
ser crianças
e escutar o piano

Amarelo e as coisas que não pode me dar

aquilo que eu tenho com os dois pés fincados no palco
ninguém me dá
aquele abraço de criança
ninguém pode me dar
aquela realização e entrega com dor depois
ninguém pode me dar

o que posso te dar
é minha tentativa de entender o tempo
e tentar esperar as faíscas prometidas
que tu te encantes como os outros se encantam
e deixo tu seguir e sigo
por que as coisas não tem q ter pressa
mesma que minha fome seja muita
aguardo o enrosco
e enquanto isso desbravo
cidades
lugares
palcos
e me sinto plena
insegura
sentindo
pulsando
e aquele palco
ficou em silêncio com a lua


te dou o tempo que meu coração aguenta

e depois guardo a colher
para não dividir meu açúcar

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Nuvens e o amarelo

por que viajas e não bagunça meu cabelo?
por que foges?
como gostas?
como é teu gostar?


pra onde você foi amarelo
eu ficarei nas nuvens?

por que não me tocas?


ah pensei em ti vendo a lua
pensei brincadeira de 1 de abril


ah amarelo

como sinto falta
falta de sentir a verdade que acontece no momento




saudade de ocê.forte...mesmo que não seja eterna

te queria em cima de mim
embaixo
ao lado
de qualquer maneira
queria
i want you

não adianta
tu não tira a poesia de mim
mesmo que eu seja uma poetisa solitária


quarta-feira, 30 de março de 2011

Fuga

desci a lomba da igreja
fui até a janela
e cantei no imaginário

hoje silÊncio
entendemos tudo




Eu sou sentimental, então eu caminho na chuva
Eu tenho tido alguns hábitos que eu nem mesmo posso explicar
Poderia começar da esquina, virando na Espanha
Mas por que tentar mudar agora?

Eu sento e sonho acordado, eu tenho tido sonhos abundantes
Cinzas de cigarro, lá foram elas no chão
Eu irei longe nos fins de semanas, deixarei minhas chaves na porta
Mas por que tentar mudar agora?

Por que não posso ser mais convencional?
Pessoas falam, pessoas encaram, então eu tento
Mas aquilo não é para mim, pois eu não posso ver
Meu mundinho louco vai passando por mim

Então, deixe pessoas maravilhadas, deixe-os sorrindo, deixo-os franzir as sobrancelhas
Você sabe, eu irei te amar até a Lua virar de ponta cabeça
Eu sempre fui seu palhaço, não se lembra?
Por que tentar mudar agora?

terça-feira, 29 de março de 2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

Acalanta

os carneiros nos visitam em horários diferentes
mas a alegria do encontro na tela nos pega na mesma hora
certeiro
faz teu carinho sair encabulado
com um gosto de vocÊ



a gente faz poesia
tenta achar rima
ai vocÊ me manda jasmim
a gente dividi o cheiro
eu lembro da infÂncia

e dormimos

te enrola
que tá frio

um cheiro de longe
e um carinho no cabelo

sobre festas e dores

...tira essa xícara

NÃO PONHA XÍCARA
PARA EU NÃO TRANSBORDAR


não ponha prato de sopa
já queimei a língua

Havia um menino
Um estranho e encantador menino
Eles diziam que ele vinha de muito longe
Muito longe, além da terra e mar
Um pouco tímido e os olhos tristes
Mas muito sábio ele era

E então um dia,
Um mágico dia, ele cruzou o meu caminho
Enquanto nós falávamos de várias coisas,
Tolos e reis...
Isso ele disse para mim:

"A coisa mais importante que se pode aprender
é apenas amar e em troca ser amado"

Palhaço

palhaço
você faz a gente rir
mas quem te faz rir?

palhaço
eu tô cansando do teu circo
que vem só uma vez na cidade

palhaço

hoje eu vi como é bom dançar junto
e por as mãos juntas
e olhar no olho
e sentir que o que dança
vai ficar pra sempre


a vida é curta
você sabe
a gente transborda
quer troca
mesmo que não diga em palavras
o corpo pede
o olho pede
eu convidei
para algo calmo
mas deixo então tudo quieto
na vontade
vou viver no que me aceita
palcos

domingo, 27 de março de 2011

Espirais

antes de postar me decepciono
mas tudo é tão bonito
que não tem mentira


a gente faz espirais com as palavras
e monta poemas
para se dizer coisas simples

a gente tenta dizer
que sente saudade
sentindo
a gente fica longe
por medo
e para se encher de algo no pulmão

a gente espera para se olhar
sentir pontos de exclamação

eu tô com febre
eu tô embriagada de cansaço
de amor mal começando

As Letrinhas fogem do teclado pulam
E correm para debaixo da cama
Assim tenho que usar a vassoura,
Eu já falei para elas pararem de se esconder
Mas elas são meninas...
Usam o “A” no final
Tem que ter muito carinho para falar
Ai tudo fica bem
Mas eu chamo a atenção
Sou duro às vezes, pois
As coisas nem sempre são o que a gente quer
Mas o amor está ali
Nas letrinhas ditas
Elas são lindas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Exclamação é um monte de pauzinho pulando de alegria
E Elas são Lindas Meninas da Alegria!

sábado, 26 de março de 2011

Nós e a bicicleta

penso
penso
penso
sinto
frio
frio
não relaxo

penso felicidade seria andar na tua bicicleta

hoje a intuição pegou com tudo
meu pensamento
ouvido
e não são boas as novas que trazem

ai as nossas escolhas


escolheria nós na bicicleta
ou tu num domingo
amanhã
inesperado
chegando

sexta-feira, 25 de março de 2011

Seja logo

só queria dizer que o you foi para você
da minha música pop cafona não anos 80
que eu vi teu olho brilhando
que eu brilhava por dentro
que a noite foi linda
e mais linda
quando a mão com receio tocou
e teve a permissão
quando dois corpos se encostaram na porta
que foi aberta com riso
do sofá
da rua perigosa que presenciou carinho
da volta
da continuação
da felicidade
dos balões que tendes a encher
e esvaziar até uma quinta chegar
da paciência
dos medos que traz
do teu cabelo que gosto de passar a mão
das ´palavras erradas
da dança na porta
da máquina de lavar
dessa noite chuvosa sem a presença
com outra presença
dessa coisa que não sei onde me leva
dos sóio que beijo

te aguardo

quarta-feira, 23 de março de 2011

Flor

ele sente cheiro de flor
cheire a flor então
os hipopótamos agradecem
eles não esquecem
você acha que sou esquecida
eu não sou
passatempo
tempo
você que me vê assim
vá para a roda
pois eu desejaria que fosses para a cama
tente não desapontar
pois eu farei teatro

vão até seu jardim
se você vai com calma
guardando o tormento dentro de ti


vai entender

A cantiga curtida do desenhista

a gente só vira liquidificador
quando tem um não impreciso
um talvez ressabiado
um sim que sai às vezes por meios lábios
um lindo numa música de partida


me desenhe histórias
desenhista

me mandaram para o mar
fiquei com a caixinha de lápis
desenhando em papéis e enviando para os pássaros
te enviarem no bairro
onde crianças brincam
e carros e ônibus da infância parava



Buniteza

por que efz poesia
por que tranca a palavra que quer voar do teu peito
por que me toca tão forte
beija tão leve até meus pés
por que fala inglês engraçado
e escreve enrolado
e fica confuso
e me usa
e uso

ela usava vestido florido
ele o doce na boca
eles comeram a lasanha na cama
a comeu
eles se olharam
tramaram
gritaram
a cruz da igreja olhou o profano
o móbile foi pendurado no lugar incorreto
ele a visitou no dia da lua cheia
encheu o coração
tirou a blusa florida
na cama
com o não
ela seguiu dura
na cama onde anda e ama
sentiu o gelo no peito
a não palavra
ou as palavras fincando querendo sair
eles se olharam
eles se despediram
eles choraram e
voltaram outra vez
ela sonhou que ele foi embora
acordou e ele tava ali
o olho verde brilhava como se a noite tivesse no meu quarto
ele deu doce na boca dela
quando o sol pegava em cada lente do óculos dos dois
os óculos se beijavam ,igualmente como as bocas
eu pego táxi
ele bicicleta
ela pega o medo
e eu o não impuslo
beijou a na padaria
o padeiro viu como eram contentes
era tanta alegria que a moça esqueceu o café
ele é meu guardião que me protege
com suas arminhas imaginárias
ela tenta cuidar
ele não deixa
ele cuida
ela deixa
ele se repete
e eu não sou a menina do tango
nem a moça que roda a bunda na dança que une tua coxa
ela te beijou e tu adormeceu
te beijou no olho?
o beijo que me causa ciúme
ele escreve para outra moça
e bate coxa em outra coxa
tô ali dançando sozinha
ficando doidinha
agarrada na minha escolha
vai lá
que o futuro me traga calmaria
nada de melancolia
força
esse passa
e você queira comigo
partilhar
dançar
comer a alegria da minha lasanha
da minha parede nova e da geladeira que tá para descongelar
então te espero na quinta
onde posso te fitar
cantar não feio e bonito
dizer que tô buniteza
trate de não me decepcionar
e se isso acontecer
isso aqui tudo vai empedrar
e tudo vai esmorecer
e seguir no ar
por que tudo que é bonito
não dá par lhe falar
então eu guardo a chave esse eu pulsar
mas queria dizer
como chegou bonito ao me olhar
besta tu
besta tu
e você me chama de buniteza
fale a verdade sem me machucar
esqueça
as águas passadas
é eu não sei dançar a sua dança

eu tenho fome demais
igual você
duas crianças famintas

Acertar
O que foi que eu fiz?
Queria poder fugir desse navio se afundando.
Só tentando ajudar, machuco todo mundo.
Agora eu sinto o peso do mundo sobre meus ombros

O que você pode fazer quando o seu melhor não é bom o suficiente
E tudo que você toca desaba
Porque minhas melhores intenções continuam fazendo uma confusão de coisas
Eu quero apenas corrigir isto de alguma forma
Mas quanto tempo vai levar ... oh quantas tentativas serão necessárias
Para acertar ... para acertar

Será que eu posso começar de novo, com minha fé abalada
Porque eu não posso voltar atrás e desfazer isso
Eu só tenho que permanecer firme e encarar os meus erros, se eu ficar mais forte e mais sábia
Eu vou passar por isso

O que você pode fazer quando o seu melhor não é bom o suficiente
E tudo que você toca desaba
Porque minhas melhores intenções continuam fazendo uma confusão de coisas
Eu quero apenas corrigir isto de alguma forma
Mas quanto tempo vai levar ... oh quantas tentativas serão necessário para que eu
Acerte ...

Então, eu tenho que dar de ombros , dar um soco no ar
E aceitar a verdade, às vezes a vida não é justa
Sim, eu vou fazer um desejo, sim eu vou fazer uma oração
Se eu me esforçar, alguém vai ver, o quanto me importo

O que você pode fazer quando o seu melhor não é bom o suficiente
E tudo que você toca desaba
Porque as minhas melhores intenções continuam fazendo uma confusão de coisas
Eu quero apenas corrigir isto de alguma forma
Mas quanto tempo vai levar ... oh quantas tentativas serão necessárias ...
Para acertar ... para acertar

sexta-feira, 18 de março de 2011

diga me isso

a lua abrilhantou brilha tanta que iluminou o banheiro do meu quarto rosa onde la mora
a rosa que banhou se
e seu perfume deixou cair
se espalhou
alante louco por beijo calo
acalento tanto que sou lento


coisa bem boa dentes de riso

Fome demais

se eu pudesse dizer isso num piano


é eu tenho muita fome
ninguém aguenta isso


ursos riem da minha cara


quarta-feira, 16 de março de 2011

terça-feira, 15 de março de 2011

Bitch

hate the world today,
You're so good to me I know,
But I can't change.
Try to tell you but you look at me like maybe I'm a angel underneath,
Innocent, sweet..
Yesterday I cried,
Must have been releaved to see the softer side.
I can understand how you feel so confused, I dont envy you.
I'm a little bit of everything, all grown into one
I'm a bitch, I'm a lover, I'm a child, I'm a mother,
I'm a sinner, I'm a saint, I do not feel ashamed.
I'm your hell, I'm your dream, nothing in between.
You know you wouldn't want it any other way.
So take me as I am,
This may mean you have to be a stronger man.
Was to sure that when I start to make you nervous and go into extremes.
tomorrow I will change, today wont mean a thing.
I'm a bitch, I'm a lover, I'm a child, I'm a mother,
I'm a sinner, I'm a saint, I do not feel ashamed.
I'm your hell, I'm your dream, nothing in between.
You know you wouldn't want it any other way.
I'm a bitch, I'm a lover, child,
I'm a mother, sinner, saint,
I do not feel ashamed.
I'm your hell, I'm your dream, nothing in between.
U know you wouldn't want it any other way nooo...

Ela

enviei uma música
os pássaros cantaram a casa na tua casa
ele se emocionou
fim!


quando ela sai da ficção?

segunda-feira, 14 de março de 2011

é

preguiça

preguiça
luzinha ligada no quarto
sorriso


no ouvido:eu gosto de estar contigo

Oxi

uma mesa na cama
nós
uma cama
esse tempo que demora a passar
essas vontades
eu me perco nesse olho claro
e nessa bicicleta



bichinho meu


Gostar de ver você sorrir
Gastar das horas pra te ver dormir
Enquanto o mundo roda em vão
Vermelhos são seus beijos
Quase que me queimam
Que meigo são seus olhos


sábado, 12 de março de 2011

Reflections?

é difícil esquecer algumas pessoas
mas são necessárias

e outras pessoas aparecem
tentando roubar nosso punhado de açúcar e cuidar do nosso machucado

a gente aceita
cheia de medo tremendo

pensando e estando ainda
com laço forte em outro coração

mas as coisas nunca foram destinadas pra mim

sexta-feira, 11 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

Longe

os dias passam
você
tenta o novo




Ela um dia encheu o saco

é
você sabia que um dia isso ia acontecer


para o que se torna passado
tentado a ser lavado


Você trata muito mal o seu amor
Não rega com carinho a sua flor
Depois de ver o que você já fez
Com certeza ela vai sumir de vez
Vai sumir comigo
Vai fugir comigo
Vai sumir comigo sim
E ficar comigo
E ficar comigo
E ficar comigo só
Só ficar comigo
Vai ficar comigo
Vai ficar comigo sim
Vai ficar comigo
Ficar só comigo
E você vai ficar só

quarta-feira, 9 de março de 2011

Bão dimais



01 33:depois disso tudo que me disseste vou dormir sorrindo

é
vai ser
uma alquimia de alegria
uma explosão

A casa

oh cheiro bom
da fita laranja
pensei em ti
enquanto as crianças falavam
e eu ficava com vergonha
fiz uma massa verde

Pela casa

terça-feira, 8 de março de 2011

Azul

a casa vai ser azul pescador

Amarelo

eu tenho um móbile de presente
uma manhã amanhecida preguiçosa
um cheiro no cangote
e um sorriso

segunda-feira, 7 de março de 2011

Objetivo



oh objetividade

tá vamos ver o sol nascer de outra janela

diga que eu estou fazendo tudo certo
meu passo de dança não vai dar errado

HONRAR



cantavam no circo

Tantas decepções eu já vivi
Aquela foi de longe a mais cruel
Um silêncio profundo e declarei:
Só não desonre o meu nome?
Você que nem me ouve até o fim
Injustamente julga por prazer
Cuidado quando for falar de mim
E não desonre o meu nome
Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Perceba que não tem como saber
São só os seus palpites na sua mão
Sou mais do que o seu olho pode ver
Então não desonre o meu nome

FOME(tudo acaba em março)

DESCOBRI QUE FOME ERA PARA OUTRA MOÇA
QUE MONGA ERA PARA OUTRA
QUE O TEXTO:POR QUE TÁ SENDO TÃO CRUEL!ERA PARA OUTRAS
TUDO ERA REPETIDO
EITA ROTEIRO RUIM DE FILME
EU TENTEI ROTEIRIZAR MELHOR
FILME ENROLADO NA CAIXA



O tempo dá, o tempo tira
o tempo passa, a página vira.
"...e seu coração disse para sua cabeça, vá, e sua cabeça disse pra sua coragem, vou, e sua coragem respondeu, vou nada..."


Quando as coisas acontecem

as coisas acabam quando
você
não consegue mais fazer poesia juntos


ai hora
de você
procurar outro caderno

a moça bonita
conheceu
um moço bonito
dançou uma música esquisita
achou o móbile bonito
deixou a água cair
o banho tomar
ele disse:você não é mais princesa
menina com boneca na mão
ele me fez bonita
por que um outro
machucou meu coração
eu descobri moço bonito
que o outro mentia
pra mim
pra outra
pra ele
pra tudo
então moço bonito
dança
eu esqueço
e sigo na novidade



é

você sai de casa e as coisas acontecem

Ninguém sabe

tudo se silencia
inicia
e segue


sábado, 5 de março de 2011

Ficou no portão

e o motorista do táxi disse:todos caminhos vão para Roma

sexta-feira, 4 de março de 2011

Piece

ih
tem gente com as mãos sujas de sangue demais
são pedacinhos demais de coração na mão


isso parece ser um jogo divertido


me prove ao contrário

Isso

ele não gosta de você

quinta-feira, 3 de março de 2011

Hurt





Good Times Gonna Come

garota

This is just one of those
Lonely night
The good times gonna come


as coisas acontecem quando dois decidem

Erro?



eu devo não ser perfeita
ou qualquer coisa que você queira
ter nos braços

você se considera um gato
precisa de calmo e cuidados
trago o contrário

eu: um filhote de cachorro

até quando fugas
e coisas sem sentido?

então
eu envio uma música pelo vento
já que não posso escutar
junto



pena considera tudo um erro


Fallin

há os que trazem dor e alegria
e depois dizem:você se acostumou com a tristeza
sendo que você tentar estar feliz com ela


impressões erradas

quarta-feira, 2 de março de 2011

...

sempre se prefere os que quebram tudo


tem coisa mais auto destrutiva tu dizer que a pessoa te faz mal?
tem coisa mais auto destrutiva tu punir?
tem coisa mais auto destrutiva tu largar de mão?

Para mim, atualmente, companheirismo e lealdade são meio sinônimos de felicidade


eu tenho mais de vinte anos, e eu tenho mais de mil perguntas sem respostas...

?



Palavras podem ser como facas
Elas podem te abrir
E depois o silêncio te rodeia e te persegue



Escolha

você pode se arrepender das suas escolhas

terça-feira, 1 de março de 2011

Quem entende- 00 59 h

o urso diz
ao elefante assustado
por que me olha?está apaixonado

sim-disse o elefante

e isso te alimenta?-perguntou o elefante





quem entende?



Mas eu não podia, ou podia mas não devia, ou podia mas não queria, ou não sabia mais como se parava ou voltava atrás. Eu tinha que continuar!

ou
ou
ou
ou

depois




vem uma paz
que você torce para que não acabe
e depois



medo


segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Impulsividade

ela
ele
a impulsividade


gravando
abre a porta


e agora o que vai acontecer?

quebram-se os vidros
passa o tempo me usando
mentimos
beijamos
sorrimos
diga que meu pijama me cai bem


será que as borboletas se cruzam?


Ai, ai
Vai ver é só você
Ai, ai
Vai ver é só você querer
Distante, imaginar
Caberia a quem dizer:
"Amor, eu vivo tão sozinho de saudade

olha....

Eu você e todos os encontros casuais
os ais e os hão de ser
e todos os casais também
olha, acho até que quem achou que nunca ia
esse ia se espantar de ver que o ódio e o amor
e até eu vou pra ver no que vai dar
a massa a moça
e até esse pra sempre
tudo passa

Rosa



me oferece a rosa
aquela música
que creio
te fez dormir
no teu sono que não acontece

traz borboletas pra mim também
não seja mensagem passageira na tela

seja doce também

olhe
me olhe
olho


resolva
respire



a cidade é tão grande
onde está?

Levo meu coração à feira



vou até a feira na terça
pedir para o feirante
se posso pesar meu coração
Ver se o peso que sinto
Será que ele pesa tanto na balança?
Se ele pular ao ser posto na balança gelada
é por que ele não está calmo como você diz
Mas eu acho que ele não vai
Ao encostar no gelado prato da balança
tentara cantar
Tentara cantar de forma doce os mal tratos dos últimos tempos
e o feirante dirá
Senhora leve o para casa
e cuide
Direi :Mas tem amor,amor machucado,as formigas sairam de perto dele e andam pela casa.Cada lugar do meu lar uma formiga caminha .Meu coração tá com flocos de gelo.Me disseram:seu gostar é desgostante
Então ele disse:pingue em casa

então ela seguiu com o coração entre as mãos até a casa
discou o número
escutou o nada

pegou uma canetinha e desenhou um sorriso no lugar dos lábios

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Roda gigante




eu sou um cavalo que gosta de comer maçãs


e você fica bem de terno preto deitado numa cama branco

e feio demais nos erros

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Os iglus estão fechados com muita neve




“Eu estava parado no patamar da escada quando ele me disse: — Tenho sete formas. Navegue. Abraçou-me. Tinha cheiro de mar. Do mar que não há nesta cidade. Pedi que ficasse, como não ficou o outro. Mas não o suportaria, acrescentei a seguir. Sorriu, como se nada do que eu pudesse dizer fosse capaz de modificar sua partida. Ainda chove, tentei dizer. Não importa, será melhor assim, repetia sua mão estendida. Passou-a devagar na minha face. Eu era uma coisa pequena, rastejante e sem Deus, caminhando no escuro lamacento à procura apenas de qualquer gesto como o toque de uma mão humana, devagar na minha face. Ele tocou. Calçou os sapatos, apanhou o chapéu. Eu quis dizer que poderia ocupar o segundo quarto — a segunda cama, a segunda vida — talvez para sempre. Eu estava tão vivo que qualquer outra coisa também viva e próxima merecia minha mão estendida, oferecendo. Estendi a mão. Ele não podia aceitá-la.Eu não devia estendê-la.”

Caio Fernando Abreu.



Quando as coisas se quebram, não é a quebra em si que impede que se juntem novamente. É porque alguns pedacinhos se perdem - as duas pontas restantes não poderiam mais se encaixar, mesmo que quisessem. A forma como um todo mudou.


Vou mostrando como sou
E vou sendo como posso
Jogando meu corpo no mundo
Andando por todos os cantos
E pela lei natural dos encontros
Eu deixo e recebo um tanto

— Novos Baianos

Em homenagem ao CAIO F.



Será que as pessoas mudam de comportamento porque se sentem seguras do afeto que o outro sente?

Cada um faz a festa que pode



para descasos


cada um escolhe a festa que pode e a prioridade que pode

Para uma sexta não marcada em sua agenda

não quero voltar para casa
no seu abraço
não busco o que perdi
nunca pensei fazê-la cúmplice
da minha solidão
nem me passou pela cabeça
jogar sujo
com você -

você é o vento quente
que me acompanha
o enigma que não precisa ser decifrado -

de você eu quero apenas
um filhote de lobo
um filhote de lobo
para morder minha mão direita
quando eu estiver no escuro
depois que o amor acabar
Fabrício Corsaletti

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Valeu Caio



Às vezes penso que tornam de propósito as coisas mais duras do que realmente são, só pra ver se eu reajo, se eu enfrento.


penso..uns fogem
uns fazem festa
uns trabalham
outros tem curiosidades

então me procurem
e matem a curiosidade

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Max

não foi à toa


...

não resolver os problemas
é a mesma coisa que a pilha de louça suja na minha pia

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Até quinta (Why didn't you write me?)



ela fechou os olhos
e imaginou

Em resposta ao que construí pra mim



ELEFANTES
ELEFANTES

oh tola cabeçinha
ela responde com outra música da Gal

É tanto compromisso
obrigação e sacrifício
Que eu vivo aqui no vicio
De pensar em ti
E só!
Sozinha, a rotina me massacra
De dor, eu fico fraca
E caio em grande nó
Normal, não, pai, não leva a mal
Sem ele a vida é tal
Que o sal me soa a pó!
Pois certo, que eu nunca perco o encanto
Pra sempre eu amo tanto
Teu jeito de aaah..

domingo, 20 de fevereiro de 2011

CHEESECAKE



vontade de comer um cheesecake

tentou juntar os pedaços de um quebra cabeça
as peças se juntaram
não há bons resultados
então
escorreu
uma única gota
lembrou como a mãe dizia
aquarianos são fortes ,minha filha


num dia de chuva
escutei uma canção a ser enviada
eu sempre digo
falta diálogo
por isso há tanta dor na rua

I am on a lonely road and I am traveling
traveling, traveling, traveling
Looking for something, what can it be?
Oh i hate you some, I hate you some
I love you some
I love you when I forget about me
I want to be strong I want to laugh along
I want to belong to the living
Alive, alive, I want to get up and jive
I want to wreck my stockings in some juke box dive
Do you want- do you want- do you want
to dance with me baby
do you want to take a chance
and maybe find some sweet romance with me baby
well come on

All I really really want our love to do
is to bring out the best in me and in you too
All I really really want our love to do
is to bring out the best in me and in you
I want to talk to you, I want to shampoo you
I want to renew you again and again
Applause, applause- Life is our cause
When I think of you kisses
my mind see-saws
do you see- do you see- do you see
how you hurt me baby
then I hurt you too
then we both get so blue

I am on a lonely road and I am traveling
looking for the key to set me free
Oh the jealousy, the greed it is unraveling
it's the unraveling
and it undoes all the joy the could be
I want to have fun, I want to shine like the sun
I want to be the one that you want to see
I want to knit you a sweater
want to write you a love letter
I want to make you feel better
I want to make you feel free
Hmm, Hmm, Hmm, Hmm,
Want to make you feel free
I want to make you feel free

É brabo isso dae

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Polvo




tem amor que é igual a polvo

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

pois então...



ela é só um copo

agora ele vai a outro bar e bebe outros copos

como você não percebeu que isso não ia dar certo?



sim ela se repete em erros
grandes erros

um silencia
e o outro fala (escreve)
pois não quero morrer no vômito que sai da boca
ah tem lava demais

imaginou
buscando o urso
os cds
o livro
os filmes
tudo
pra não deixar rastro


vinganças é do tempo do colégio

silÊncios longos e esperados

fins como todos fins

obrigada por me ajudar a ser mais geladeira


eu era apenas a sede

Toy



ah será que eu fui uma boneca?

na estante

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

com a alma




e ela cantava
no morro onde nasci
revisitei a infância deixada
sai com alivio
de escutar os sábios
estes que considero sábios
minhas inquietudes
são semelhantes as suas
e eis que o ela canta
se encaixa
e eu cantaria com alma


Olhe para mim, estou tão abandonada quanto um gato em cima duma árvore
E sinto que estou me agarrando à uma nuvem,
Eu não entendo
Fico triste, só de segurar sua mão.

Faça do meu jeito,
E mil violinos começarão a tocar,
Ou pode ser o som do seu olá,
A música que ouço,
Eu fico triste, no momento que você se aproxima.

Você não pode ver que está me levando nessa?
Mas é exatamente isso que eu quero que você faça,
Você não percebe o quão desesperadamente perdida estou?
É por isso que estou te seguindo

Por mim mesma,
Quando eu vagaria através deste país das maravilhas sozinha,
Sem reconhecer meu pé direito do meu pé esquerdo
Meu chapéu da minha luva
Eu estou muito triste, e muito apaixonada.

Parte 1



faz parte da ausência


ausência das coisas que nem começaram


quem vai salvar?
a resposta:você mesmo

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Try me




pessoas
as que acham que são pessoas
ou todo mundo é pessoa
ou na real?
gente que tenta ser pessoa


enfim

as pessoas desistem de tentar


um inferno na tentativa de não tentar mais

coração é uma coisa
a cabeça outra

pingando no sofá


coloque este som na sua casa
eu estou aqui presente

sábado, 12 de fevereiro de 2011

...

I like it when you cry, because it means you have to wear your glasses. No, actually I don’t like it when you cry. I find it horrible. Especially when it’s not for me.

Roteiro dos últimos tempos

frases aplicáveis aos últimos tempos



O desfecho trágico de Despedida em Las Vegas indica que talvez a história desses dois não seja bem a de um “amor incondicional”, mas sim a de duas almas perdidas e solitárias que tentaram se juntar, um procurando no outro a força que não tinha em si... E fico pensando, talvez, que não seja assim tão admirável a decisão de cada um deles de permitir que o outro vivesse suas desgraças até o fundo sem querer “intervir”: porque quando a gente ama, fica assistindo desse jeito ao outro se destruir, sem estender a mão pra ajudar? Silencia sobre os defeitos do outro e finge aceitar tudo, ao invés de reclamar, pedir pra mudar, exigir reparação quando o estrago foi feito, solicitar perdão quando o machucado é infligido? Quando a gente ama, não tenta se adaptar ao que o outro deseja e necessita ao invés de ficar com esse discursinho narcisista do "sou quem sou e não mudo por ninguém!"? Quando a gente ama, não é muito mais comum tentar se mudar para ser mais o que o outro quer que a gente seja? E também não é muito mais intensa a vontade de, mesmo a contragosto, mesmo que o outro não aceite a ajuda, ir lá e fazer de tudo para tirá-lo do abismo quando nele se afunda? ... Digressões..

Sem falar que talvez nem o amor mais incondicional seja capaz de salvar um homem disposto a se perder e se aniquilar, um homem que não se acredita merecedor de um amor tão grande, um homem que desistiu de si mesmo, como quem pára de apostar as fichas num certo número da roleta depois de tanto ter perdido, e que se entrega, todo, à decisão de tomar um suicídio no conta-gotas... Ou melhor: um suicídio a garrafadas e garrafadas de álcool.








- Where? Show me! Where is this love? I can’t see it. I can’t touch it. I can’t feel it. I can hear it. I can hear some words, but I can’t do anything with your easy words.


Some days you will feel that your work is bad, that you are not gifted and you want to stay home and enjoy other people’s work. Don’t ever believe in the negative voice you hear in your head. That feeling goes away."


i m off. Lise don’t wait for time to pass. Forget me at top speed. Sleep with boys and with men. I remember your first drawing- one of your best. With the title “when a girl spreads her legs… her secrets fly like butterflies.” But no lovemaking without precautions. Lise, I won’t see or touch you again as long as life hasn’t wiped my fingerprints from you. Forget me, be wonderful. I kiss you, Lise, I truly do. Forever and never, Alex


- A mãe costuma dizer que Deus não manda um fardo maior do que nós pode carregar. Conversa fiada… Às vezes, ele manda um peso tão grande que ninguém guenta.




- Era tão fácil de fosse assim… As pessoas bebiam o vinho do amor e se apaixonavam de repente.

- Mas o vinho é só um pretexto. Eu acho que quando Tristão e Isolda bebem o vinho é que eles se dão conta, mas na verdade eles já tinham se apaixonado muito antes, sem saber.

- É sempre assim: a gente não vê quando o amor acontece, por isso não sabe como acontece.

- Pra explicar o inexplicável, a gente diz que foi o vinho do amor.

- É uma não-explicação muito linda, mas o vinho é só um pretexto.

- Ao menos ele serve pra dar coragem.