um pouco do que me interessa

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Eu vi Magnólia

Faz duas semanas que esta vida parece ser a duração de Magnólia
O filme não acaba
Como alguém pode amar alguém, só quando esta para a perder?
Como alguém pode mentir sobre sua vida toda?
Como alguém pode se prender na sua virilidade,machismo e não afirmar que pode sim chorar
Como alguém pode implorar para sua filha :me ame só por que esta morrendo
Como alguém pode ser um gênio e depois ser um imbecil?
Por que me dá tanto medo da doença câncer?
Como alguém pode pedir uma música de Chopin e fazer meu estômago embrulhar de tão triste
Como Tom Cruise faz uma cara de choro contido,que as bochechas ficarm ruborizadas a ponto de a qualquer momento chorar
Como sinto que às vezes queria por uma câmera na cara de algumas pessoas e perguntar:por que você mentiu?
Por que não canto a música da Opéra Carmen neste momento de amor?
Por que sinto como o garoto que se mijou.Com vergonha e sem respostas
Por que os filmes que gosto me agoniam e só so vejo em partes?
Por que tenho medo das verdades?
Por que estou sentindo uma falta dolorosa agora a ponto de querer ir atrás e não poder ir?
Pensei por um momento comprar créditos para mandar uma mensagem
Talvez este filme estúpido faça eu pensar:a vida é curta,ouse.
Lembrei que sempre dizia:olha que bonita essa placa da loja Magnólia ,igual ao filme
E os dois não tinham assistido o filme.E comentamos:bah temos tantos filmes para ver!
SE eu cai aplaudam,artistas se sentem amados e levantam
Me deêm água e eu respirarei fundo e direi que sou forte para o show continuar
E mesmo que tenha mijado nas calças eu direi:eu quero continuar o jogo
Queria que batesse na porta como o policial
e convidasse para sair
igual o começo
Não espero uma volta triunfante
se demorou um mês para responder um roteiro
Será que você tem que ver Magnólia?
Eu sei que existe uma sensibildade de cineasta.garoto
Será que todo mundo tem que ver este filme?
Para incomodar
para mexer as coisas paradas na gente
Eu(masoquista ou não) fui atrás de incomodação para tentar achar respostas óbvias
de que a vida é curta
que quase tudo é curto
e eu gosto de coisas longas e intensas
e me culpam pela intensidade
e quando freio a intensidade
mesmo assim afirmam que vim com intensidade
ao invés de gritar comigo:hey também fui intenso!
Você pode me falar de sua mãe Frank?
Você pode me falar do seu medo Frank?
Você pode dizer que o medo não é comigo?
Você pode me dizer você não é a garota certa?
Você me ferir mais para eu desistir e não esperar?
Pedido ridículo
quem ler dirá:por que ela faz isso?
Talvez por que eu acredite em amor
em voltas de filme
que eu fiquei tempo demais sentada na poltrona do cinema do Papai
Fiquei tempo demais assistindo Sissi no video cassete
Que sempre que encontro um garoto que me faz rir
que cante comigo as músicas dos filmes dos Trapalhões
eu só peço baixinho que ele fique mais tempo
e de repente ele some e só é mais um nome na minha lista de orkut
Você pode deitar sua cabeça na minha coxa Frank,novamente?
Não,eu creio
Não ,obviamente
Eu confundo melancolia com depressão
Você também não?
Eu estou confusa e apaixonada
Hey eu amo você!
Talvez eu tenha coragem de dizer isso se beber
Eu nunca disse
Por que a gente se pergunta :o que eu fiz?dentro de carros,ônibus se deslocando para o centro,em aviões partindo.
Por que a gente se enche de bebidas,drogas,amigos coloridos,sexp sem encontros de alma(brega,mas essencial),coisas vazias achando que ali estão as soluções ou A SOLUÇÃO
Por que só posso dizer aqui no blog que me arrependo?
Por que eu sempre mostro a página 23 do meu livro :como ser amável e atenciosa
sendo que quase sempre falho com estes sentimentos com quem devia
e sou em demasia amável e atenciosa com quem não merece?
ou não esta preparado para merecer^?
good tire só alguns minutos da minha cabeça essa coisa besta

Eu já nem sei que escrever do filme
de tudo
deu nó na garganta
amanhã vou para rua
e esquecer um pouco
aliviar tensões dos ombros
do coração
e cessar vontades

no meio disso tudo mamãe me deu um cachorro quente(um carinho em tantas semanas)


Um comentário:

tentado disse...

magnólia.. tá entre os meus prediletos.. a primeira vez que eu vi, em vhs ainda, me senti tão cru, o filme é um achado pq ele tenta mostrar nós, seres humanos como animaizinhos frágeis (o que nós somos realmente) que durante a vida procuram formas para fugir dos problemas, das coisas que nos machucam e assim passar o tempo, nossas obsessões, crenças.. e no fim desabafo e esperança, atitudes humanas das quais os personagens sempre evitaram por medo e só se abriram a elas depois da enigmática chuva que desencadeou os encontros e a ocorrencia de fatos não esperados..

Aimee Mann é muito bom, baixa um cd dela..